segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Alta Costura - Christian Dior

Christian Dior (21 de Janeiro de 1905, Granville, Manche - 23 de outubro de 1957) foi um influente designer francês, mais conhecido como o fundador de uma das melhores casas de moda do mundo, também chamada Dior. Christian Dior nasceu em Granville, cidade à beira-mar na costa de França. A sua família, cuja fortuna foi derivada da produção de fertilizantes, tinha esperanças de que ele se tornaria um diplomata, mas Dior só queria estar envolvido em moda e desenho. Para ganhar dinheiro, vendeu os seus esboços de moda. Após deixar a escola recebeu o dinheiro do seu pai para que, em 1928, pudesse abrir uma pequena galeria de arte, onde vendia arte pelos gostos de Pablo Picasso. Depois de uma catástrofe financeira na família, que resultou no seu pai perder o negócio, Christian Dior foi forçado a fechar a galeria. De 1930 a 1940 trabalhou com Robert Piguet até ser chamado para serviço militar. Em 1942, deixou o Exército, e juntou-se à casa de moda de Lucien Lelong, onde este e Pierre Balmain, foram os principais designers. Durante o período da Segunda Guerra Mundial, Christian Dior vestiu as esposas dos oficiais nazis e colaboradores franceses. Em 16 de Dezembro de 1946 Dior fundou sua própria casa, com o apoio de Marcel Boussac, magnata do algodão. O nome real da linha da sua primeira colecção, apresentada no início de 1947, foi Corolle, mas “New Look” foi o nome escolhido para a colecção por Carmel Snow, o editor-chefe da Harper's Bazaar. Os modelos Dior eram mais voluptuosos que as formas regulares e aborrecidas da recente Segunda Guerra Mundial, influenciadas pelo racionamento em tecido. Dior era um mestre na criação de formas e silhuetas. Os seus looks empregavam tecidos cozidos com percal, montados, corpetes estilo bustier, preenchimento das ancas, espartilhos de cintura de vespa e saias que faziam os seus vestidos alargar a partir da cintura, dando aos seus modelos uma forma muito curvilínea. A bainha da saia realçava as pernas e tornozelos, criando uma silhueta bonita. Inicialmente, as mulheres protestaram porque os seus projectos encobriam suas pernas, por causa da anterior falta de tecido. Houve também alguma “revolta” com os projectos de Dior devido à quantidade de tecidos usados num único vestido ou fato - durante uma sessão de fotos num mercado de Paris, as modelos foram atacadas por vendedoras por causa da extravagância e gasto nos vestidos. O "New Look" revolucionou o vestido da mulher e restabeleceu Paris como o centro do mundo da moda depois da Segunda Guerra Mundial. Dior morreu durante as férias em Montecatini, Itália em 23 de Outubro de 1957. Alguns relatos dizem que ele morreu de um ataque cardíaco depois de se engasgar com uma espinha de peixe. A revista Time declarou que ele morreu de um ataque cardíaco depois de jogar um jogo de cartas.

2 comentários:

Miranda disse...

hum boa estou a adorar o conceito do teu blog. acho q cada blog deve conseguir diferenciar-se. vou seguir-te!

deixo tb os meus links: fashionmarketslove.blogspot.com
&
mirandastyleatbreakfast.blogspot.com

um beijinho,
seguidora Miranda

Boca do Lobo disse...

Boca do Lobo usually gets inspiration from Christian Dior and their wonderful pieces. The attention to detail and the exclusive feeling of this brand are an example to us all at Boca do Lobo.

PASSION IS EVERYTHING
Boca do Lobo

Enviar um comentário